CidadesSaúde

Secretaria da Saúde orienta população sobre os cuidados com a gripe

Infecção aguda do sistema respiratório, a gripe (Influenza) tem grande potencial de transmissão e distribuição global. A intensidade de casos aumenta quando começa o período de chuva. Por isso, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) está alertando e orientando a população sobre os cuidados com a gripe.

Pessoas de todas as idades podem ser acometidas por influenza, mas algumas são mais propensas a desenvolver complicações ou quadros graves. A gerente executiva de Vigilância em Saúde da SES, Talita Tavares, afirma que medidas preventivas podem ser adotadas pela população.

“A higienização das mãos com água e sabão ou com álcool gel, principalmente depois de tossir ou espirrar ou depois de usar o banheiro; antes das refeições; antes e depois de tocar os olhos, a boca e o nariz; evitar tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies potencialmente contaminadas (corrimão, bancos, maçanetas), além de manter hábitos de alimentação saudáveis, com ingestão de líquidos e realização de atividades físicas. Essas são algumas medidas que o cidadão pode tomar para evitar a transmissão da gripe”, observa.

Talita alerta que indivíduos com sintomas de gripe devem evitar contato com outras pessoas. Em caso de suspeita, o paciente deve procurar atendimento médico o mais rápido possível.

Na Paraíba, até a semana epidemiológica 22 (terminada em 1º de junho), foram notificados 168 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) hospitalizados. Desse total, 17 casos foram confirmados para Influenza, com cinco óbitos. O estado tem uma cobertura de 93,04% da população vacinada, o que equivale a 1.103.406 doses aplicadas.

A gripe tem início com febre que dura em torno de três dias, seguida pela dor muscular, dor de garganta, coriza e tosse. Todos os pacientes com Síndrome Gripal e com condições/fatores de risco devem ser orientados para retornar ao serviço de saúde para revisão do quadro clínico, quando deverão ser reavaliados quanto aos critérios de SRAG ou outros sinais.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar