segunda-feira, abril 6, 2020
Início Destaque Prefeitas de Belém e Mamanguape têm contas aprovadas pelo TCE

Prefeitas de Belém e Mamanguape têm contas aprovadas pelo TCE

Teve apenas duas reprovações – as das Câmaras Municipais de Alhandra e Cruz do Espírito Santo – a sessão plenária que o Tribunal de Contas da Paraíba realizou nesta quarta-feira (5). Reunido no período da manhã, a Corte aprovou prestações de contas oriundas de cinco Prefeituras, cinco Câmaras de Vereadores, Tribunal de Justiça e Companhia de Desenvolvimento do Estado (Cinep).

Na ocasião, houve a emissão de pareceres favoráveis à aprovação das contas dos ex-prefeitos de Ibiara (Pedro Feitoza Leite, exercício de 2017) e Lastro (Wilmeson Emmanuel Mendes Sarmento, 2016. Também, dos atuais prefeitos de Princesa Isabel (Ricardo Pereira do Nascimento), Belém (Renata Christinne Freitas de Sousa Lima Barbosa, por maioria) (foto) e Mamanguape (Maria Eunice do Nascimento Pessoa), atinentes a 2017.

O Tribunal de Justiça da Paraíba teve as contas de 2016 aprovadas conforme voto do relator Nominando Diniz e, a Companhia de Desenvolvimento do Estado, as de 2017, sob relatoria do conselheiro substituto Oscar Mamede.

Houve aprovação, ainda, às contas das Câmaras Municipais de Uiraúna e Gado Bravo (2017) e às oriundas das de Maturéia, Araruna (2016) e Poço de José de Moura (2015), com ressalvas nos quatro últimos casos.

O não recolhimento de contribuições previdenciárias acarretou a desaprovação das contas da Câmara de Cruz do Espírito Santo, como entendeu o relator Fernando Catão. Na de Alhandra, exercício do ano passado, o problema envolveu despesa orçamentária acima do limite constitucional, registros contábeis incorretos sobre fatos relevantes e ocorrência de servidores com dois ou mais vínculos funcionais. Cabem recursos contra ambas as decisões.

Conduzida pelo presidente André Carlo Torres Pontes, a sessão plenária teve as participações dos conselheiros Arnóbio Viana, Fernando Catão, Nominando Diniz, Marcos Costa e Arthur Cunha Lima. Também, dos conselheiros substitutosAntonio Gomes Vieira Filho, Antonio Cláudio Silva Santos, Oscar Mamede e Renato Sérgio Santiago Melo. O Ministério Público de Contas foi representado pelo procurador geral Luciano Andrade Farias.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Must Read

Em Duas Estradas, Lalá volta ao grupo da prefeita Joyce Renally

Lalá estava na oposição, mas preferiu retornar ao grupo situacionista em Duas Estradas. “Voltei pra onde nunca deveria ter saído”   Joyce e Lalá estão juntas...