segunda-feira, abril 6, 2020
Início Destaque Preços de celulares diferem até R$ 200 em Guarabira, mostra pesquisa do...

Preços de celulares diferem até R$ 200 em Guarabira, mostra pesquisa do PortalMídia

O preço do celular Samsung J6 com memória de 32 GB apresenta preços de R$ 999 na Lojas Americanas a 1.199 no Lojão Rio do Peixe, no centro de Guarabira. É o que revela, um levantamento de preços de celulares realizado pelo PortalMídia.net, em cinco lojas de eletrônicos, nesta quinta-feira (20).

Foram 71 preços coletados de 43 modelos de celulares das marcas LG, Motorola e Samsung. nove celulares apresentaram diferenças de R$ 100 até R$ 155. Confira abaixo, outras maiores diferenças da pesquisa.
O J7 Prime com 32GB apresenta diferença de R$ 155 e varia de R$ 1.144 no Armazém Paraíba até R$ 1.299 no Atacadão dos Eletros. O J5 Pro com ? apresenta diferença de R$ 150 e varia de R$ 949 no Lojão Rio do Peixe até 1.099 no Atacadão dos Eletros.
7 diferenças de R$ 100
O Moto G6 com 32GB varia de R$ 1.199 no Magazine Luiza e nas Lojas Americanas até R$ 1.299,90 no Lojão Rio do Peixe. Já a versão do Moto G6 com 64GB varia de R$ 1.399 na Lojas Americanas até R$ 1.499.
O J4 da marca Samsung com 32GB varia de R$ 899 no Armazém Paraíba e na Lojas Americanas até R$ 999 no Lojão Rio do Peixe. O J7 PRO com 64GB varia de R$ 1.299 na Lojas Americanas até R$ 1.399 no Armazém Paraíba e no Lojão Rio do Peixe.
O K10 com 32GB da marca LG varia de R$ 799 no Lojão Rio do Peixe até R$ 899 Armazém Paraíba e no Atacadão dos Eletros. O K4 com 8GB de memória varia de R$ 549 no Lojão Rio do Peixe até R$ 649 no Armazém Paraíba. Já o modelo Q6 da marca LG varia de R$ 1.099 no Atacadão dos Eletros até 1.199 no Lojão Rio do Peixe.
É importante pesquisar
A superintendente da Autarquia de Proteção e Defesa do Consumidor do Estado da Paraíba (Procon-PB), Késsia Liliana, defende a importância de realizar pesquisas de preços em ambientes virtuais e lojas físicas.

“A consulta de preços é sempre útil para quem busca por um celular. Apesar da diversidade de páginas e ferramentas comerciais na internet, em alguns casos, o menor preço pode está em um estabelecimento comercial próximo de casa. E nesta situação, quem pesquisa na maioria dos fornecedores disponíveis, lucra um bom desconto”, declarou Késsia Liliana, em entrevista ao PortalMídia.net.

Trocas e arrependimentos
Em entrevista ao PortalMídia.net, as advogadas Meriene Soares e Juliana Benevides, explicaram que os dois tipos de espaços comercias, presenciais (lojas físicas) e intermediários (internet, catálogo e telefone) têm regras diferentes para casos de troca de produtos e desistências de compra por arrependimento.

“Por lei, lojas físicas são obrigadas a realizar trocas quando se comprometem com este tipo se serviço, na nota fiscal do produto. Se a informação não estiver expressa na nota fiscal, o consumidor não estará garantido legalmente do direito de troca. Neste caso, é a instituição responsável pela garantia legal do produto que deve ser acionada”, orientou Juliana Benevides.

“Por direito previsto no Código do Consumidor, compras realizadas sem a experiência direta de contato com o produto, como internet, catálogo e telefone, obrigatoriamente oferecem um período de sete dias para que os consumidores, possam de fato, demostrarem satisfação com o produto. Caso, em sete dias, o consumidor se arrependa da compra, independentemente de motivo, ele vai poder devolver o produto, sem nenhum custo, inclusive o frete de devolução deverá ser pago pela empresa”, esclareceu Meriene Soares.

Leandro Duarte, especial para o PortalMídia.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Must Read