Noticias

Polícia prende mulher suspeita de matar o próprio filho de um ano, na PB

Uma mulher foi condenada e presa, na manhã desta terça-feira (29), por matar o próprio filho de 1 ano, cidade de Queimadas, na Paraíba. O crime aconteceu em maio do ano passado e o padastro da criança está preso. A mãe chegou a afirmar que a criança teria morrido vítima de uma cabeçada de um animal.

A polícia começou a investigar e percebeu que a versão apresentada pela mãe era muito diferente com os vestígios encontrados no corpo da criança. A partir das investigações, a Polícia Civil concluiu que a mulher de 20 anos de idade matou o próprio filho, de apenas 1 ano e 4 meses, no último dia 5 de Maio do ano passado.

A suspeita, na época, disse a polícia que a criança tinha sido vítima de uma cabeçada de um bode e o menino e ele não resistiu aos ferimentos, mas após os levantamentos a polícia descobriu outra versão. A criança teria sido morta com chutes e pontapés tendo como principal suspeito a mãe e o padrasto

A prisão foi efetuada pelo núcleo de homicídios da 11ª Delegacia Seccional de Polícia Civil em Queimadas, no agreste do estado.

T5

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar