Política

PGR mantém na 1ª instância inquérito sobre Flávio Bolsonaro

O senador e filho do presidente da República é investigado por lavagem de dinheiro

Raquel Dodge, procuradora-geral da República, decidiu manter na Justiça Federal do Rio de Janeiro a investigação sobre o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), suspeito de cometer crimes de lavagem de dinheiro e falsidade ideológica.

O filho mais velho do presidente da República é investigado por “negociações relâmpagos” de imóveis. Como informa o G1, Flavio teria lavado dinheiro por meio da compra de imóveis e declarou à Justiça Eleitoral o valor de um apartamento abaixo do preço real. Após investigar, a Polícia Federal viu aumento patrimonial incompatível.

O caso estava com Dodge desde o início deste mês de fevereiro para que ela decidisse se encaminharia o inquérito ao STF ou se manteria na primeira instância. A procuradora entendeu que os fatos investigados ocorreram em um período anterior ao mandato do senador exercido por Flávio Bolsonaro e, por conta disso, não têm relação com o cargo que ele ocupa.

NOTICIAS AO MINUTO

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar