Mulher e Beleza

Marcas apostam em xampus e pílulas que prometem fazer o cabelo crescer

A Lua Crescente ganhou fortes concorrentes na promessa de ajudar a fazer o cabelo crescer mais rápido. Nos últimos anos tem crescido o número de xampus e kits de tratamento que prometem fios maiores em menos tempo.

Os tônicos anti-queda que já foram renegados aos cantinhos das prateleiras das farmácias e perfumarias, hoje dividem espaço inteiros com os seus primos que prometem cabelos longos e mais fortes. Na loja da Ikesaki do bairro da Liberdade, no centro de São Paulo, os produtos para crescimento já ocupam quase um quarto do andar de produtos para cabelos.

“A onda começou em meados de 2016. Atualmente, já dispomos de mais de 100 metros de gôndolas voltadas apenas a produtos para tratamento capilar (xampu, condicionador, máscaras), e essas linhas de crescimento e fortalecimento fazem parte dessa composição”, diz Gilmar Menezes, gerente regional das Lojas Ikesaki.

Os apelos nas embalagens vão desde o uso do café na formulação até os kits com whey protein, que prometem fazer o cabelo crescer tanto quanto o suplemento alimentar estimula os músculos recém-malhados. As marcas nacionais são majoritárias entre os xampus-bomba.

A Salon Line foi a primeira a trazer, em 2015, um xampu focado em crescimento. O lançamento do S.O.S Bomba veio na esteira do aumento de mulheres que adotaram cabelos crespos e cacheados. Para deixar o alisamento, porém, muitas delas cortaram os fios curtinhos e precisaram esperar os fios crescerem.

“Era tudo muito novo [no mercado de cabelos cacheados]. A gente ouvia clientes e blogueiras, e elas tinham uma pressa muito grande de ver o cabelo crescer. Faziam umas loucuras caseiras, como misturar vitamina para cavalo no xampu”, conta Camila Takasu, gerente de marketing da Salon Line.

A formulação do xampu veio a partir das receitinhas que as cacheadas publicavam no YouTube, com o acréscimo de um tônico de crescimento. “[O ingrediente] não é algo exclusivo, mas só a Salon Line compra desse fornecedor”, diz.

Hoje a linha tem 35 itens -todos prometem aumentar o tamanho dos fios, sejam eles lisos, crespos, loiros ou tingidos. A família bomba representa 30% em faturamento de todas as linhas de cosméticos da Salon Line. Cada item custa em torno de R$ 15 e estão à venda nas perfumarias e nas farmácias.

Menezes, da Ikezaki, conta que a rede de lojas já chegou a vender 11 toneladas dos xampu-bomba em 30 dias quando essas linhas começaram a ser lançadas.

Uma das poucas marcas estrangeiras que promete força e crescimento para os fios, a inglesa Lee Stanford tem nos produtos Hair Growth o carro chefe das vendas em todo o mundo desde 2001. Nos últimos dois anos, a linha cresceu 61% no Brasil. A marca é importada e distribuída pela Multi B, do grupo O Boticário, e tem apostado no aumento da presença nas farmácias.

As farmácias também são os principais pontos de vendas da linha Rapunzel, da marca carioca Lola Cosmetics. O kit de xampu, creme e tônico é um dos poucos produtos que acompanha a marca sem nenhuma mudança desde o seu início em 2016. O tônico está entre os mais vendidos. Em 2018, foram 230 mil unidades da linha Rapunzel, valor 7,8% maior que no ano anterior.

A aprovação de novos ingredientes pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) também ajuda a trazer novidades para esse nicho de mercado.

“Assim que a portaria da Anvisa foi liberada, achamos que era o momento ideal para ser lançado”, afirma Fabrizia Berbert, gerente de marketing da Lowell, que lançou em outubro o Lowell Caps, que promete acelerar o crescimento capilar. Ela conta que a marca já tinha pesquisado e testado o produto em suas fábricas e, por isso, conseguiu ser a primeira a lançar cápsulas com 150% de biotina.

Há menos de cinco meses, as cápsulas já estão entre os dez produtos mais vendidos da marca. Cada potinho com 30 comprimidos custa em torno de R$ 100 e o resultado só aparece, segundo a empresa, a partir do terceiro mês. As cápsulas deram origem a uma linha completa de crescimento com xampu, condicionador e creme. A marca pretende fechar 2019 com um crescimento de 22%.

De acordo com Menezes, os cosméticos em cápsulas são responsáveis pela segunda explosão nas vendas de produtos focados no crescimento capilar.

Segundo Fabiana Rinaldi, também gerente de marketing da Lowell, os cosméticos em pílula já são uma tendência muito forte no mercado de beleza europeu e norte-americano, e, por aqui, a combinação com obsessão das brasileiras por cabelos longos ajudou a impulsionar as vendas.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar