terça-feira, fevereiro 18, 2020
Início Entretenimento Justiça derruba sentença que impedia atriz Leticia Almeida de falar sobre Jonathan

Justiça derruba sentença que impedia atriz Leticia Almeida de falar sobre Jonathan

Leticia Almeida conseguiu na Justiça recuperar o direito de contar sua própria história. É que na época em que veio à tona a verdade sobre a paternidade de Maria Madalena (entenda o caso aqui), Jonathan Couto, o pai da criança, entrou com um pedido em juízo para que a atriz fosse impedida de citar o nome dele na imprensa e de sua família.

“Os desembargadores entenderam que ela tem propriedade sobre o que viveu e o que passou, e que não estava usando a imagem da filha para se promover ou denegrir alguém”, relata a advogada de Leticia, Michelle Gaetani.

Nestsa quintfeira, Leticia, Saulo Pôncio, o pastor Marcio Matos e a mulher Denise Pôncio se encaram numa audiência preliminar sobre o inquérito aberto após Leticia prestar queixa contra eles.

Em 20 de junho de 2018, Leticia Almeida registrou um boletim de ocorrência por agressão, injúria, calúnia e danos contra Saulo, o pai e a mãe, após uma briga que, de acordo com ela na época, começou porque os ex-sogros não queriam devolver a filha Madalena.

O caso se transformou em processo. Mais um de tantos que ambas as partes têm ao tratar do imbróglio familiar que foi a concepção da menina, que está completando 1 ano. Ao que tudo indica, porém, o inquérito não aponta para a Justiça a questão de Leticia, que acusou o pastor e sua mulher de ficarem com sua filha sem seu consentimento.

EXTRA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Must Read

Prefeitura de Guarabira convoca candidatos aprovados no Processo Seletivo para cuidadores

A Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos publicou nessa sexta-feira, 14 de fevereiro, o edital de convocação dos candidatos aprovados no Processo Seletivo...