Homem atira na esposa, mata ex amante, a família dela e depois se suicida

As vítimas do eletricista Alex Sander Correia, de 48 anos, que matou a tiros cinco pessoas da mesma família em São Vicente, no litoral de São Paulo, foram identificadas, segundo informações da Polícia Civil ao G1 nesta sexta-feira (6). O homem se matou após cometer o crime. Além da família, ele também teria tentado matar a atual companheira. A Polícia Civil tenta esclarecer o caso.

O crime vitimou Margarete Neto Pinheiro de Jesus, de 41 anos [com quem manteve relação fora do casamento]; os pais dela, Carlos Alberto Neves, de 57 anos, e Daulira das Graças Neto Neves, de 66. A irmã de Margarete, Maisa das Graças Pinheiro Silva, de 39 anos, e a sobrinha Larissa Pinheiro do Monte, de 19, também morreram.

A mulher com quem ele mantinha união estável, de 40 anos, vítima do primeiro tiro, chegou ao hospital com ferimento na cabeça e braço. Segundo atualizado pela Secretaria de Saúde de São Vicente, a paciente está sendo acompanhada pela equipe da neurocirurgia e já se encontra em recuperação pós-cirúrgica.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que o caso foi registrado como homicídio qualificado e suicídio na manhã desta quinta-feira (5) no 2º e no 3º DP de São Vicente. As investigações seguirão pela Delegacia Sede de São Vicente, que instaurou inquérito policial.

Linhas de investigação

De acordo com o delegado Norberto Bergamini, em 2018, já havia uma medida protetiva da atual companheira contra ele, mas como ele estava desempregado, ela o deixou permanecer na casa. “A esposa iria sair da casa nesta quinta-feira, porque ele não queria sair de lá. Ela decidiu se separar de vez ao descobrir o filho fora do casamento”, diz.
Ainda segundo Bergamini, Alex Sander tinha dois filhos com a atual companheira, uma jovem de 21 anos e um adolescente de 12 anos. A jovem estava na casa e viu o pai atirando contra a mãe, mas não foi ferida. O irmão também está bem.

A Polícia Civil acredita que foi um crime passional. De acordo com o delegado, tudo leva a crer que se trata de um caso patológico. “Ele estava desempregado, a atual queria se separar e a mulher com quem ele manteve um relacionamento fora do casamento entrou com ação da paternidade”, explica.

Vestígios de sangue foram encontrados no portão em que família foi assassinada em São Vicente, SP — Foto: Matheus Tagé/A Tribuna
Além disso, conforme registrado no boletim de ocorrência, a ação de paternidade feita por Margarete contra Alex, afirmando que ele seria pai de seu filho, teria dado resultado negativo recentemente.

As equipes policiais ainda averiguam se esses fatos foram as motivações da chacina cometida pelo eletricista. Os laudos realizados pelo Instituto Médico Legal (IML) ainda não foram emitidos. Segundo uma familiar, que preferiu não se identificar e não comentar sobre o assunto, ainda não há informações sobre quando ocorrerá o sepultamento.

Relembre o caso

Conforme apurado pelo G1, os crimes aconteceram por volta das 6h10, nos bairros Jóquei Clube e Humaitá. Ele deixou mais uma pessoa ferida, que foi encaminhada ao hospital. Depois de atirar na mulher, o homem pegou uma moto e partiu para o Jóquei Clube, onde cometeu os assassinatos em série.

Na Rua Gabriel Passos, ele entrou na casa, quebrou a janela e atirou contra a ex-amante, a mãe e o padrasto dela, além de uma irmã e uma sobrinha de 19 anos. A irmã chegou a ser socorrida com vida, mas morreu a caminho do hospital. O padrasto ainda tentou fugir do local, mas foi perseguido e assassinado na Praça Matteo Bei, em frente à Rua Carijós.
Acreditando que a mulher teria morrido, ele voltou ao local dos primeiros disparos. Ao ver a Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) na residência, ele se matou. Conforme registrado no boletim de ocorrência, antes de atirar contra a própria cabeça, ele teria jogado a carteira no chão e pedido que a polícia a entregasse para sua filha.

G1

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar