Política

Globo detona Bolsonaro e diz que Presidente mentiu sobre saída de Vélez

Neste domingo (14), a Globo voltou a mostrar que não está se deixando intimidar pelos ataques de políticos, como os de Jair Bolsonaro, que já criticou a emissora diversas vezes e se aliou às concorrentes, e também seus eleitores. Durante o ‘Fantástico’, o canal voltou a exibir o “Isso a Globo Não Mostra” e acabou debochando do Presidente.

Dessa vez, a Globo fez um balanço dos cem dias de governo de Bolsonaro com uma paródia da música Evidências, da dupla sertaneja Chitãozinho & Xororó. No vídeo, a produção do dominical relembrou o escândalo envolvendo Fabrício Queiroz, o ex-assessor de Flávio Bolsonaro que realizou movimentações suspeitas em sua conta bancária.

Depois, zombou do poder dado pelo presidente aos filhos Carlos, Eduardo e Flávio Bolsonaro, que, segundo a emissora, têm “mais poder que um ministério”. Além disso, destacou os atritos entre o Presidente e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, a gafe ao pedir para comemorarem o golpe de 1964, além do desastroso encontro com Donald Trump, nos Estados Unidos.

No final do vídeo, a emissora fez uma espécie de auto-defesa ao relembrar que havia noticiado em primeira mão na GloboNews que Bolsonaro havia decidido demitir o então ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodrigues. Na sequência, a informação foi desmentida pelo presidente. Acontece que alguns dias depois a demissão do ministro foi anunciada, aumentando as suspeitas de que Bolsonaro adiou essa demissão para não dar o “furo” à Globo, que é considerada uma de suas maiores rivais na mídia, a maior quando falamos de televisão.

 

 

 

Notícias ao Minuto

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar