terça-feira, fevereiro 18, 2020
Início Política Deputados participam de plenária na UFPB contra cortes no orçamento da Educação

Deputados participam de plenária na UFPB contra cortes no orçamento da Educação

Os deputados Buba Germano, Chió e Cida Ramos participaram, na tarde dessa quarta-feira (8), de uma plenária pública, realizada no Centro de Vivência da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Campus de João Pessoa, para debater a política de cortes do Governo Federal, no orçamento das Instituições de Ensino Superior (IES). A discussão reuniu alunos, professores e funcionários da UFPB.

Na plenária, em defesa das universidades, os deputados manifestaram o apoio da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aos estudantes, professores e funcionários. Cida Ramos, que também é professora universitária, ressaltou a importância da representação da Casa de Epitácio Pessoa na causa estudantil e parabenizou a participação dos alunos.

“Em todas as cidades que passo, eu faço questão de dizer que sou professora da UFPB. Defender o ensino público de qualidade foi uma das minhas primeiras bandeiras de luta, desde o movimento estudantil. Eu tive o orgulho de presenciar o nosso Centro de Vivência vibrante e lotado, com os meus colegas professores, alunos e servidores unidos em defesa da universidade. Nós não vamos permitir que destruam a educação superior pública e de qualidade no Brasil. Eles não vão conseguir acabar com os sonhos dos nossos jovens”, disse a deputada.

Os parlamentares parabenizaram a ação, que reuniu também gestores, membros de colegiados e de entidades de classe, técnico-administrativos, em uma discussão democrática, plural e participativa.  “Temos que unir força e dizer um não para esses que pensam que o poder é deles. Vamos debater em várias cidades do Estado e vamos resistir contra o desmonte das universidades. Defenderemos, em todas as instâncias cabíveis e por todos os meios pertinentes, o pleno funcionamento das universidades”, disse Buba Germano.

A manifestação aconteceu após o Ministério da Educação (MEC) anunciar cortes de 30% no repasse às universidades e institutos federais. A UFPB sofreu um corte de verbas no valor de R$ 44 milhões. Já a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) terá R$ 27 milhões reduzidos do seu orçamento, enquanto o Instituto Federal da Paraíba (IFPB) perdeu R$ 20 milhões. “Participamos dessa grande manifestação que lotou o centro de vivência da Universidade Federal. O Governo quer fechar as instituições, mas, se depender da energia, da força e da luta dos alunos e professores, esses cortes não vão acontecer”, destacou Chió.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Must Read

Prefeitura de Guarabira convoca candidatos aprovados no Processo Seletivo para cuidadores

A Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos publicou nessa sexta-feira, 14 de fevereiro, o edital de convocação dos candidatos aprovados no Processo Seletivo...