NoticiasSexualidade / Comportamento

Conheça os cinco materiais que jamais devem ser usados como lubrificantes

Nem sempre o sexo é sinônimo de prazer. Por vezes, algumas mulheres sofrem com a secura vaginal e acabam por ficar sem lubrificação, o que pode ser ruim tanto para ela, quanto para ele. São diversos os fatores que podem levar à falta de lubrificação: doenças como diabetes e hipertensão, falta de excitação, menopausa, entre outros, revela a sexóloga Carla Cecarello, do site C-date, em entrevista ao Delas. Quando o problema acontece, os lubrificantes artificiais são uma boa alternativa para contornar a situação.

O grande problema reside na escolha do lubrificante artificial. A especialista afirma que os mais indicados são os produtos à base de água, de modo a não interferir na performance do preservativo.

Há quem opte por soluções alternativas, que não são de todo recomendadas pela especialista. 

Veja quais são os cinco materiais que jamais devem ser usados como lubrificantes:

1. Óleo de coco;

2. Cremes hidratantes;

3. Vaselina;

4. Óleo de bebê;

5. Saliva.

De acordo com Carla Cecarello, esses materiais podem causar infecções, irritações e lesões sérias ou até mesmo o rompimento do preservativo.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar