Esportes

Com time reserva, Botafogo-PB visita a Perilima tentando seguir 100% no Paraibano

A temporada do Botafogo-PB tem sido impecável até aqui. Oito vitórias em dez jogos, classificado na Copa do Brasil, na zona de classificação da Copa do Nordeste e líder invicto no Paraibano. Para continuar só sabendo o que é vencer no estadual, o Belo vai até Campina Grande na noite desta quarta-feira (20) enfrentar a Perilima. A bola rola no estádio Amigão às 20h30.

A Águia de Campina está com o sinal de alerta ligado. Parecia que teria vida tranquila na competição e poderia até brigar por uma vaga nas semifinais, mas seus tropeços somados com as reações recentes de Esporte de Patos e CSP deixaram o time a apenas dois pontos da zona de rebaixamento.

Para voltar a respirar aliviado, o técnico Ricardo Campos não tem a disposição o lateral esquerdo Lucas Piauí, que cumpre suspensão automática. Uma das principais contratações para a temporada, o zagueiro Renato Silva não foi registrado no BID e não poderá ser utilizado no estadual, já que o prazo para inscrição de jogadores acabou.

Do lado do Belo, a confiança está em alta. O ótimo início de ano, no entanto, cobra o preço do desgaste dos atletas, que disputaram dez partidas em pouco mais de um mês. Por isso, como vem de dois jogos pesados fora de casa e tem a partida contra o Tombense-MG, também longe de João Pessoa, pela Copa do Brasil na próxima semana, o treinador Evaristo Piza vai dar descanso a quase todos seus jogadores.

Apenas o goleiro Saulo deve continuar na equipe. O restante do time será formado por jogadores que tem menos minutos em campo na temporada. Com elenco farto e de qualidade, Piza não deve nem relacionar os mais desgastados, caso do zagueiro Lula e do lateral esquerdo Fábio Alves. O destaque fica pela estreia do zagueiro Rodolfo Mol, a última contratação botafoguense para o Paraibano.

Arbitragem

Cláudio Francisco de Lima e Silva, do Sergipe, será o juiz central da peleja, e terá Shumacher Marques e Luiz Diogo como auxiliares. O quarto árbitro será Severino Ramos Júnior. Os três últimos são paraibanos.

Escalações

Perilima: Pantera, Bochecha, Tiago Bob, Matheus Camargo, Luan; Nonato, Renatinho, Lucas Silva, Marcelinho Paraíba; Cesinha e Manú. Técnico: Ricardo Campos.

Botafogo-PB: Saulo, Israel, Donato, Rodolfo Mol, Charles; Carlão, Fagner, Júnior Santos; Rafael Ibiapino, Adalgiso Pitbull e Paulo Renê. Técnico: Evaristo Piza.

 

 

 

Vozdatorcida

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar