Saúde

Chia e Linhaça: Semelhanças e Diferenças

Chia e linhaça: essas duas sementinhas estão fazendo muito sucesso na dieta dos brasileiros. Mas sempre fica aquela dúvida de qual é a mais nutritiva, a mais benéfica.

Ambas ajudam muito para um funcionamento pleno do organismo. Confira os posts com características da chia e da linhaça. Mesmo com semelhanças, é importante conhecer que existem algumas diferenças que podem te levar a preferir uma semente à outra. Abaixo, uma comparação entre as duas:

Fibras: Ambas são ricas em fibras solúveis e insolúveis, que prolongam a sensação de saciedade, contribuem para um bom funcionamento do intestino e retardam o processo de digestão. Ou seja, se você comer algum carboidrato junto com uma destas sementes, o carboidrato será absorvido de forma mais lenta. Assim, a insulina é liberada de forma mais gradativa na circulação sanguínea, evitando picos.
Proteínas: Nas proteínas também quase não há diferença entre as duas sementes. As proteínas ajudam a manter os níveis de energia e de apetite estáveis. Existem diversos estudos que já comprovaram sua eficácia na prevenção e reversão de doenças cardíacas e diabetes.

Gorduras: Já nas gorduras a linhaça tem maior concentração da versão poli-insaturada (Ômega-3) e na Monoinsaturada (Ômega 9). Essas gorduras têm ação anti-inflamatória; auxiliam no processo de emagrecimento e estão associadas à prevenção de doenças cardiovasculares.
Lignanas: Quanto as lignanas, a linhaça sai na frente. Para as mulheres que enfrentam os sintomas da menopausa, a linhaça é recomendada. As lignanas, por serem um fitoestrogênio, ajudam a recuperar os níveis hormonais, que por sua vez minimizam os sintomas desconfortáveis da menopausa, como os calores e a depressão.

A chia vence em algumas outras comparações. Esse alimento possui níveis maiores de minerais importantes, como cálcio, manganês e fósforo – benéficos para ossos e dentes – assim como para absorção de outros nutrientes e reparação celular e dos tecidos. A chia possui mais antioxidantes, que previnem o envelhecimento precoce e impactam no melhor funcionamento de todos os sistemas do organismo. Além disso, a chia tem sido mais recomendada para as mulheres em idade fértil e com sintomas no ciclo menstrual.
No quesito preço e disponibilidade, a linhaça ganha disparado da chia, tornando esse superalimento mais acessível para mais gente se beneficiar de suas vantagens.

A durabilidade da chia é bem maior. A linhaça contém óleos que se oxidam facilmente, o que faz ela ter validade baixa. Já a chia, por conter níveis muito altos de antioxidantes naturais, tem validade extremamente longa e não fica rança facilmente. Outra característica que faz a chia ser mais fácil de consumir é que conseguimos digerir a semente facilmente. Já a linhaça deve sempre ser triturada antes do consumo. As sementes de linhaça nunca devem ser ingeridas inteiras.

Por que consumir a linhaça e chia juntas?
A linhaça e chia são consideradas alimentos funcionais, que são aqueles que, além do papel principal de nutrir, contêm substâncias que previnem e tratam doenças. Portanto, o consumo diário de alimentos funcionais é recomendado para melhorar a saúde e aumentar a qualidade e a expectativa de vida.

Apesar de os benefícios dessas sementes serem bem semelhantes, o uso em conjunto vai unir as propriedades das duas e potencializar seus efeitos. Ou seja, uma complementa a outra, trazendo ainda mais vantagens para a saúde.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar