Política

Camila participa de reunião de projeto do MPPB que realiza ações de apoio a vítimas de violência doméstica

FLORESCER MULHER

A presidente da Comissão dos Direitos da Mulher na Assembleia Legislativa da Paraíba, a deputada estadual Camila Toscano (PSDB), participou, nesta quinta-feira (14), em João Pessoa, da reunião do Projeto Florescer Mulher, iniciativa que tem por objetivo a execução de grupos operativos com vítimas de violência doméstica. A parlamentar pode conhecer o funcionamento do projeto e se colocou à disposição para formular políticas públicas que tragam proteção e ajudem a retirar as mulheres do ciclo de violência.
 
O Projeto Florescer Mulheres é resultado de parceria entre o Ministério Público do Estado da Paraíba (MPPB) sob a responsabilidade da promotora de justiça e coordenadora do Centro de Apoio Operacional (CAOP), Dulcerita Alves Soares, com o Unipê, representado pela professora do curso de psicologia Leda Maia.
 
A ação teve início no mês de abril e as reuniões ocorrem na sede do Núcleo Cível do MPPB. Têm prioridade para participar dos grupos operativos, as mulheres identificadas nos processos judiciais, mas qualquer mulher pode participar, contanto que manifeste o interesse no Núcleo Cível.
 
Os grupos são fechados (quando começam não é possível incluir novos integrantes), mas sempre é possível a formação de um novo. São cinco encontros, sendo quatro oficinas e o último destinado à partilha de experiências. As oficinas contam com a ministração da promotora e da professora doutora do Unipê, Leda Maia, com o apoio de duas estudantes estagiárias de Psicologia.
 
Para a Deputada Camila Toscano, o Projeto Florescer Mulher é grandioso, pois essas oficinas, aliadas a escuta especializada dos grupos de mulheres vítimas de violência doméstica, proporcionam conhecimento, autoestima, fortalecimento e empoderamento das participantes, rompendo o ciclo de violência para que essas mulheres retomem a dignidade e possam reestruturar suas vidas.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar