Política

Camila defende discussão de mecanismos que ampliem o número de mulheres na política

A presidente da Comissão da Mulher na Assembleia legislativa da Paraíba (ALPB), Camila Toscano (PSDB), defendeu nesta quinta-feira (14), durante sessão especial pelo Dia Internacional da Mulher, discussões para encontrar mecanismos que garantam uma maior participação feminina na política. Na presença de deputadas, prefeitas, juízas, advogadas a parlamentar disse que são precisos parlamentos e governos mais plurais.

“Nós temos mais propriedade e sensibilidade para tratar temas que nos afetam no cotidiano como é o caso da violência contra a mulher. Avançamos muito, mas infelizmente ainda precisamos debater políticas públicas e medidas para acabar com crimes diários que são cometidos contra nós mulheres. Para se ter ideia, mais de um milhão de casos de violência contra a mulher tramitam na Justiça, entre assassinatos e medidas protetivas”, destacou Camila.

A deputada ainda conclamou todas as mulheres presentes a, juntas, atuarem na Comissão dos Direitos da Mulher pela cobrança para que os crimes contra mulheres sejam tipificados como feminicídio e que medida protetiva realmente sirva para nos assegurar proteção. “Aqui na Paraíba, de 2009 até o ano passado, um total de 1.083 mulheres foram assassinadas. Em 2018, o número chegou a 84 mortes”, disse.

Durante o discurso, Camila também lembrou de nomes de mulheres mortas no Brasil a exemplo de Margarida Maria Alves, Marielle Franco, Janaína Romão Lúcio, Jessyka Laynara da Silva Souza, Mary Stella Maris Gomes Rodrigues dos Santos, Tauane Morais dos Santos e tantas outras vítimas de violência. “Que elas estejam sempre presentes”, reforçou.

A prefeita de Alagoinha, Maria de Zé Rodrigues, defendeu a união das mulheres por dias mais justos e iguais. Segundo ela, ainda é difícil ser uma mulher política e negra. “Não é fácil ser negra, estar na política e lutar pelo seu espaço. A discriminação ainda continua forte, mas permanecemos lutando para isso não aconteça mais. É o momento de nos unirmos e reforçar os nossos desejos, pois a mulher que que ser o que ela quiser ser”, afirmou.

Homenagem – A deputada Camila Toscano também prestou uma homenagem a Isa Arroxelas durante a sessão Especial. De acordo com a deputada, Isa é uma pessoa extremamente envolvida nas causas das pessoas mais pobres. Professora de escola pública, sabe o que é necessário para melhoria da educação, como também, das demais necessidades do povo brasileiro. “Antes de mais nada, Isa tem toda coragem, altivez e profundidade crítica do olhar feminino e nós não poderíamos deixar de homenagear essa mulher tão forte”, disse.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar