Política

Câmara aprova Medalha de Honra ao Mérito a Daniella primeira mulher eleita para o Senado pela Paraíba

A Câmara Municipal de Campina Grande aprovou o projeto de resolução número 010/2019, de autoria do vereador Márcio Melo Rodrigues (DC), que concede a Medalha de Honra ao Mérito Municipal à Daniella Velloso Borges Ribeiro, primeira senadora eleita pela Paraíba, coroando as homenagens no mês dedicado às mulheres.

Márcio ressalta a concessão da Medalha de Honra Municipal à senadora da República como um ato de reconhecimento e de justiça à trajetória vitoriosa na vida pública da parlamentar.

Daniella é filha do ex-deputado federal pela Paraíba e vice-prefeito de Campina Grande, Enivaldo Ribeiro, e da empresária e ex-prefeita do município paraibano de Pilar, Virgínia Velloso Borges. É irmã do deputado federal Aguinaldo Ribeiro. Formou-se em Pedagogia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), professora universitária fez pós-graduação em Relações Internacionais na Universidade de Brasília (UNB). É mãe de Lucas, Marcella e Gabriel e casada.

Iniciou sua carreira política candidatando-se à vice-prefeita de Campina Grande na chapa de Rômulo Gouveia, em 2004. Em 2008 candidatou-se à vereadora de Campina Grande, sendo eleita com 6.838 votos, quando realizou um excelente mandato com cadeira na Câmara Municipal campinense. Nas eleições de 2010 concorreu a uma vaga na Assembleia Legislativa da Paraíba, sendo eleita deputada estadual com 29.863 votos. Em 2012 chegou a disputar o cargo de prefeita de Campina Grande.

No pleito de 2014, foi reeleita deputada estadual com 46.938 votos, obtendo a segunda maior votação do Estado, conforme dados do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB). Fez parte da bancada de oposição ao Governo do Estado.

Em março de 2017, após assumir a presidência da Comissão dos Direitos de Defesa da Mulher, Daniella criou o Fórum “Todas por Uma”, através do qual reúne representantes de entidades diversas para discutir temas de interesse da mulher paraibana. O primeiro tema de destaque foi a violência doméstica.

Seu projeto educacional, o “Mais Ação”, em parceria com a Fundação Milton Campos, alcançou, em 2018, praticamente três mil estudantes das redes privada e pública da Paraíba. Daniella ocupava uma vaga na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) como deputada estadual. Segundo ela, foi um mandato “ousado” e de “coragem”.

No pleito de 2018, conseguiu um feito inédito e histórico para a Paraíba, desbancando as pesquisas eleitorais onde mostrava a mesma na quarta colocação, conseguiu ser eleita a primeira mulher senadora pelo Estado da Paraíba com 831.701 votos, o equivalente a 24,25% dos votos válidos. Com isso, obteve a segunda maior votação do Estado, conforme dados do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB).

A senadora Daniella Ribeiro enalteceu o fato de ser a primeira mulher a chegar ao Senado pela Paraíba. “Tenho a alegria de ter a cabeça erguida de apresentar quem é Daniella e quem é nossa trajetória. Chegou a hora de uma mulher, mas uma mulher que tem uma trajetória limpa, que vai chegar a Brasília de cabeça erguida. Momento histórico”. Acentuou.

Daniella atribuiu a vitória aos anos de ficha limpa e ao momento de debate sobre as questões de gênero. “Estou na política por vocação e por missão. Apostei nesse momento do Senado. Meu compromisso é com todos, mas as mulheres serão uma pauta muito importante, porque a gente vivencia todas as questões”, enfatizou.

Ressalta que “nós temos um leque de propostas. Não sou uma pessoa de uma bandeira só. Precisamos priorizar nosso país, unir nosso país, acabar com ‘picuinhas’ políticas, e trabalhar em conjunto pelo nosso estado e pelo nosso país, pela nossa Paraíba”.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar