Política

Ator acusa Bolsonaro de barrar filme no Brasil; presidente nega

O filme “Boy Erased: Uma verdade anulada”, que fala sobre a “cura gay”, teve seu lançamento cancelado nos cinemas brasileiros –e, segundo o ator Kevin McHale, foi por conta do presidente Jair Bolsonaro.

A estreia estava agendada para a última 2ª feira (31.jan.2019), antes de ser desmarcada pela Universal Pictures, estúdio responsável pelo filme.

O ator Kevin McHale –conhecido por interpretar Artie Abrams na série Glee– disse em sua conta no Twitter na noite deste domingo (3.fev), que o filme não veio para o Brasil por censura do presidente Jair Bolsonaro. Também via Twitter, Bolsonaro negou as acusações.

De acordo com McHale, o presidente não tem que tomar a decisão pessoalmente; mas cria 1 ambiente que respalda este tipo de decisão. O ator afirmou também que Bolsonaro é uma ameaça à comunidade LGBTQ+ do país.

 

 

A Universal Pictures alegou que a decisão foi tomada “única e exclusivamente por uma questão comercial baseada no custo de campanha de lançamento versus estimativa de bilheteria”.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar