sábado, fevereiro 22, 2020
Início Política ALPB aprova projeto que proíbe nomeação de “fichas sujas” para cargos comissionados no...

ALPB aprova projeto que proíbe nomeação de “fichas sujas” para cargos comissionados no Estado

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, na sessão ordinária desta terça-feira (14), projeto de Lei, de autoria do deputado Eduardo Carneiro, exigindo que nomeados em cargos comissionados no Poder Executivo estadual tenha a ficha limpa. Além do veto aos “fichas sujas”, os deputados aprovaram ainda mais de 350 matérias.

O projeto 53/2019 tem, de acordo com o autor, o objetivo de proibir a nomeação, em primeiro e segundo escalões do Poder Executivo do Estado, de pessoas que, perante a Lei, sejam consideradas “fichas sujas”. Eduardo Carneiro justifica que a matéria garante que os cargos comissionados não possam ser ocupados por pessoas enquadradas na Lei Complementar 135/2010, conhecida como Lei da Ficha Limpa. “Se a pessoa está impedida de exercer mandato por ser considerado um ‘ficha suja’, não faz sentido autorizar que o mesmo ocupe cargo de confiança na administração Estadual”, frisou.

Os parlamentares também aprovaram o Projeto de Lei 19/2019, estabelecendo que na Educação Infantil, nos Ensinos Fundamental e Médio, a docência de Educação Física seja exercida exclusivamente por profissional da área com Licenciatura e registrado no Conselho Regional de Educação Física (CREF). De acordo com a matéria, proposta pelo deputado Nabor Wanderley, a regra vale para escolas públicas e particulares do estado.

A Casa de Epitácio Pessoa aprovou também, por unanimidade, o Projeto de Lei 179/2019, de autoria da deputada Cida Ramos, obrigando a presença de equipe médica e técnica com ambulância em competições de atletas paralímpicos, realizadas no estado da Paraíba. Para a deputada Cida, o texto atende às reivindicações de atletas paralímpicos no intuito de prestar atendimento em casos de indisposições físicas, hipertensão e problemas cardiológicos em competições estaduais, municipais e de entidades de atletas com deficiência.

REUNIÃO PARLAMENTAR

Antes da sessão ordinária, o presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino, reuniu, os deputados para debater a otimização dos trabalhos realizados no Poder Legislativo. Os parlamentares discutiram o sistema de segurança da Casa. Na ocasião, Galdino afirmou que pretende instalar detectores de metais na portaria principal. Segundo o presidente, o objetivo é coibir a entrada de armas na sede do Legislativo.

“Vamos instalar detectores de metais na entrada principal, que será o único acesso do povo a Casa. Durante a reunião, nós pedimos que dentro da Assembleia Legislativa e no plenário, os deputados não possam andar armados”, disse Adriano Galdino.

Também foi discutido pelos parlamentares as ações realizadas na Casa nos últimos meses. “Nós dialogamos no sentido de melhorar cada vez mais e intensificar nossas atividades. Temos realizado diversas sessões na Casa e fora dela. Temos aprovado muitas audiências públicas no intuito de contribuir para a melhoria da vida da população”, ressaltou o presidente.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Must Read

Carnaval altera expediente e repartições estaduais reabrem na quarta-feira de Cinzas

O expediente nas repartições públicas estaduais será alterado por conta das festividades carnavalescas. A portaria da Secretaria de Estado da Administração, número 0067/2020, determina...