Mulher e Beleza

5 Benefícios Incríveis do Óleo de Coco!

Do coco, fruto do coqueiro (Cocos nucifera), pode ser utilizada a água de coco, o leite, a polpa e o óleo.

O coco é altamente nutritivo, possui gorduras boas, proteínas, vitaminas e minerais — como cobre e ferro — que ajudam a formar glóbulos vermelhos. Além disso, possui também selênio, um importante antioxidante que protege as células.

Óleo de Coco
O óleo é obtido através de fervura ou fermentação do coco seco ou fresco, e pode ser dividido em duas categorias: refinado e extra virgem. O óleo refinado é tipicamente obtido do coco seco, já o óleo de coco virgem é obtido a partir de cocos frescos. O óleo extra virgem é de melhor qualidade, e possui maior quantidade de antioxidantes.

Benefícios do Óleo de Coco
1. Pode beneficiar a saúde do coração
Estudos descobriram que as moradores de ilhas polinésias — frequentes consumidores de óleo de coco — têm menores taxas de doenças cardíacas do que aqueles que seguem uma dieta ocidental.

O óleo de coco pode aumentar os níveis de HDL, especialmente no caso das mulheres na menopausa, e também atuar na diminuição de colesterol total. Devido à sua ação antioxidante, ele pode ajudar ainda a prevenir doenças cardiovasculares.

2. Pode promover o controle de açúcar no sangue
O coco é pobre em carboidratos e rico em fibras e gorduras, por isso pode ajudar a estabilizar o açúcar no sangue.

Um estudo com ratos descobriu que o coco tem efeitos antidiabéticos, possivelmente devido ao seu conteúdo de arginina. A arginina é um aminoácido importante para o funcionamento do pâncreas. A gordura do coco ajuda a equilibrar os níveis de glicose no organismo, evita a hipoglicemia e o aumento da produção de insulina. Quanto mais insulina na corrente sanguínea, maior tende a ser o estoque de gordura abdominal.

E ainda para complementar: o óleo de coco evita a flacidez, aumenta o gasto calórico e melhora o fortalecimento muscular.

O óleo de coco ainda ajudar a diminuir a compulsão por doces e massas, o que é tão importante para quem tem diabetes ou deseja prevenir.

3. Óleo de coco ajuda a prevenir infecções
Devido à presença de ácido láurico, o óleo de coco pode combater diversos micro-organismos maléficos, protegendo o nosso corpo de infecções. O ácido láurico é o principal ácido graxo de cadeia média (TCM) presente no óleo de coco. No corpo humano, ele se transforma em monolaurina, que tem a função de exercer forte ação antibacteriana, antiviral e antiprotozoária, combatendo vários micro-organismos maléficos, tais como: Herpes, Cândida albicans, Clamídia, Estreptococos, Giárdia, Helicobacter pylori.

O óleo de coco é também rico em ácido caprílico e ácido láurico. Estes dois nutrientes juntos são poderosos agentes na melhora da imunidade do corpo. O ácido láurico presente no óleo de coco converte-se em monolaurina que desempenha um papel fundamental de proteção ao nosso organismo.

4. Melhora a saúde do intestino
O óleo de coco, por ser um alimento gorduroso, ajuda na digestão e, devido à presença do ácido láurico e suas propriedades antibacterianas, atua eliminando as bactérias ruins do intestino.

Devido à função antibacteriana, o óleo de coco ajuda a eliminar as bactérias ruins, melhorando, em geral, o funcionamento do intestino.

5. Ajuda na beleza da pele e dos cabelos
O consumo de óleo de coco pode deixar a pele mais bonita e ajudar a evitar o envelhecimento precoce, além de poder ser usado diretamente na hidratação dos cabelos.

Alguns estudos mostram que o consumo adequado de óleo de coco melhora a elasticidade da pele. Além disso, deixa a pele mais saudável e hidratada.

Vale destacar que o óleo de coco também pode ser usado diretamente no couro cabeludo para tratar secura e caspa.

Como utilizar o óleo de coco?
O ideal é consumir de uma a duas colheres (sopa) por dia. É recomendado que ele seja utilizado em preparações frias, como saladas, batidas de frutas e na finalização de pratos quentes, a fim de preservar sua ação antioxidante. Porém, por ser gordura saturada, o óleo de coco pode ser usado para cozinhar, inclusive em frituras, sem oxidar.

Mesmo que seja um óleo natural e extremamente saudável, é importante sempre consultar um profissional de saúde antes de optar pela ingestão arbitrária de óleo de coco. Cada organismo reagirá diferente diante de cada nutriente, portanto cabe ao profissional de saúde indicar o melhor nutriente para cada organismo.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar