DestaqueEntretenimentoNoticiasPublicidade

19 de Junho, dia nacional do cinema e em Guarabira produzimos SIM cinema.

Artistas guarabirense se juntam e produzem o primeiro curta-metragem registrado em nossa cidade.

Dia do Cinema Brasileiro é comemorado anualmente em 19 de junho e homenageia a sétima arte produzida no Brasil

Origem do Dia do Cinema Brasileiro

Esta data é comemorada em 19 de junho em homenagem ao dia em que o ítalo-brasileiro Afonso Segreto – o primeiro cinegrafista e diretor do país – registrou as primeiras imagens em movimento no território brasileiro, em 1898.

Afonso Segreto fez imagens da entrada da baía de Guanabara, no Rio de Janeiro, a bordo do navio francês Brésil – a primeira filmagem em território nacional.

Algumas pessoas preferem celebrar a data em 5 de novembro para relembrar o aniversário da primeira exibição pública de cinema no país.

Por falar em cinema brasileiro, em nossa cidade artista guarabirenses se juntaram e produziram o primeiro curta-metragem já registrado em nossa cidade.

O curta Será que ele volta? Surgiu a partir do projeto da TV Mídia  junto ao Ator e repórter Roberto di Freitas da cidade de Guarabira, que pretende mostrar como os ex-detentos da sociedade local  ressocializavam-se perante ao sistema social vigente na região do brejo.

 No desenvolvimento deste projeto, destacou-se o convite da Radialista, Jornalista, Apresentadora e Empresária da TV Mídia Michele Marques ao Ator, Diretor e Roteirista de Teatro, TV e Audiovisual Roberto di Freitas que se sentiu desafiado em realizar esta obra de curta-metragem trazendo para o ambiente visual e cinematográfico um tema tão imperativo para ter-se, como pauta de projetos sociais públicos e privados que venham dirimir a situação problemática da população carcerária, que a cada dia cresce em proporções que se não houver uma solução perene teremos um caos na ordem social das futuras gerações. Através do personagem Kleber (interpretado pelo Ator Marcelo Félix), acompanhamos a relação de conflito que existe entre a mãe de Kléber, Dona Cilene (interpretada pela Atriz Vera Grangeiro) para queo filho não retorne ao mundo do tráfico, e volte para as celas do presídio. Uma realidade social tão presente na cidade de interior como nas capitais e em todo o Brasil permitindo visualizar todo o processo de desigualdades sociais e econômicas em relação a esta população invisível aos olhos do setor privado quanto do Estado; Portanto, dessa pequena obra de arte cinematográfica, ao mesmo tempo em que nos revela suas impressões sobre a realidade da vida humana  e seu cotidiano de impacto social em nossa sociedade guarabirense,  o curta vem abrir as portas para uma nova fase de produção audiovisual da região do Brejo e questiona o “status quo” desses cidadãos muitas vezes com estigmas que caracterizam estados de rejeição,  são invisíveis sociais ou mesmo, vivendo a margem dos direitos civis e sociais: na verdade, a vida de Klebér e Dona Cilene  podem ser consideradas vidas reais de dramaticidade humana produzida pelas lentes artísticas da câmera da TV Mídia pela Direção Fotográfica de Levy Gladino.

O curta Será que ele volta? Dirigido pelo Artista Guarabirense Roberto di Freitas, produzido e editado pela TV Mídia, terá sua estreia em breve, no Cinemaxx – Shopping Luz, com edição Geral da TV Mídia pela produtora Geral a Empresária Michele Marques, cuja estreia marcará uma nova fase de produção audiovisual na cidade de Guarabira para que no futuro possamos realizar mais projetos nesse campo de arte contemporâneo e futurista.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar