Veja os gabaritos do concurso do Banco do Brasil

por Juka Martins
comentário(s)

A Fundação Carlos Chagas (FCC) divulgou na tarde desta segunda-feira (14) os gabaritos preliminares do concurso do Banco do Brasil para formação de cadastro de reserva para o cargo de escriturário. O exame foi aplicado neste domingo (13).

Clique aqui e confira o gabarito

O prazo para interposição de recurso será de dois dias úteis.

Além da lista com a relação geral dos gabaritos, os candidatos também podem ver o gabarito informando o nº do caderno de prova. Já para acessar o caderno de questões é preciso informar o nº do caderno e o código de acesso.

No total foram 339.173 candidatos para vagas nos estados do Acre, Amapá, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Sergipe, parte de Santa Catarina e parte do Amazonas. Por ser uma seleção para cadastro de reserva, não há número de vagas definido – o banco chama os aprovados de acordo com a necessidade.

A prova de conhecimentos básicos cobrou as disciplinas de português, raciocínio lógico-matemático e atualidades do mercado financeiro. A prova de conhecimentos específicos teve cultura organizacional, técnicas de vendas, atendimento (focado em vendas), domínio produtivo da informática e conhecimentos bancários. Ainda houve prova discursiva.

Perfil dos candidatos
Dos 339.173 inscritos para o concurso, 55,5% são mulheres, mais de 60% possuem renda mensal familiar de até três salários mínimos, 69,5% são solteiros e cerca de 45% têm entre 19 e 25 anos. Estabilidade e possibilidade de ascensão e carreira são os principais motivos alegados para participar do concurso do BB, cujos candidatos são, em sua maioria, empregados do setor privado: quase 38%.

Paraná, Pernambuco e Ceará são os estados com maior número de inscritos: são 76.967, 42.607 e 41.872, respectivamente - clique aqui para ver os inscritos por estados.

Para participar, o candidato deve ter ensino médio e idade mínima de 18 anos completos até a data da contratação. O salário é de R$ 1.892 para jornada de trabalho de 30 horas semanais. Há ainda cesta alimentação de R$ 367,92 e auxílio refeição de R$ 472,12.

O provimento das vagas está sujeito ao planejamento estratégico e às necessidades do Banco do Brasil.

De acordo com o edital, ficam asseguradas as admissões, conforme necessidade de provimento, dos candidatos classificados nas seleções externas 2011/001, 2011/002 e 2011/003 até o término de suas vigências (04/03/2013, 29/04/2013 e 28/09/2013, respectivamente).

O concurso 2011/001 abrangeu 36 cidades do Norte, Nordeste e Sul, nos estados de Alagoas, Amazonas, Ceará, Paraíba e Paraná. O concurso 2011/002 englobou 48 cidades do Norte, Nordeste e Centro-Oeste nos estados do Acre, Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima e Sergipe. O concurso 2011/003 engloba 51 cidades no Norte, Sul e Sudeste, nos estados do Amazonas, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

As atividades do escriturário são comercialização de produtos e serviços do Banco, atendimento ao público, atuação no caixa (quando necessário), contatos com clientes, prestação de informações aos clientes e usuários; redação de correspondências em geral; conferência de relatórios e documentos; controles estatísticos; atualização/manutenção de dados em sistemas operacionais informatizados; execução de outras tarefas inerentes ao conteúdo ocupacional do cargo.

O candidato será classificado por macrorregião e por microrregião, de acordo com a sua opção no ato da inscrição. O candidato classificado será convocado, em função das necessidades do banco, a assinar contrato individual de trabalho com o banco, que se regerá pelos preceitos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

O candidato poderá ser convocado, uma única vez, para microrregião diferente daquela em que se inscreveu desde que exista vaga e não haja candidato classificado para preenchê-la. Nesse caso, o Banco do Brasil utilizará a ordem de classificação da macrorregião. Se o candidato não aceitar tomar posse na dependência fora da microrregião em que se inscreveu, será excluído da classificação por macrorregião, mantendo, porém, a classificação na microrregião em que se inscreveu.